Clube To Beer

Blog

- por em Cerveja, Dicas, Larissa Dantas 0

Uhu! É do Brasil!

por Larissa Dantas

Santa Catarina sempre foi reconhecidamente um polo da cultura cervejeira brasileira. Decididamente por conta da imigração histórica alemã, tcheca e italiana, fato é que os catarinenses perpetuaram o jeito dedicado de fazer cerveja desses povos.
Por isso não surpreende que o primeiro estilo de cerveja brasileira tenha saído de lá. Tudo começou em 2015 quando uma associação de micro-cervejeiros do estado resolveram se unir para criar, dentro das suas cervejarias, um estilo uniforme de cerveja especial. Foi assim, baseado a muitos encontros e fabricação da receita que surgiu a Catharia Sour.
Depois de três anos se estabelecendo no mercado, virou sucesso e faltava o reconhecimento internacional. Veio este ano quando o BJCP (Beer Judge Certification Program – uma das principais organizações de certificação mundial para juízes de concursos cervejeiros) catalogou o estilo nacional e assim especificou: cerveja leve e refrescante, com baixo amargor (2 a 8 IBU) e uma acidez lática equilibrada pela adição de frutas frescas. De corpo leve, teor alcóolico moderado (4,5% a 5,5%) e boa carbonatação.
Apesar de ainda constar no BJCP como estilo provisório, já pode estar inserido nos concursos de cerveja mundo a fora.
Apesar de ainda não ser consenso geral quanto à especificidade, criatividade e inovação do estilo dentro do Brasil, resta-nos parabenizar a idealização e perseverança dos microcervejeiros de Santa Catarina que tomaram a iniciativa e conseguiram fabricar e obter sucesso com o primeiro estilo reconhecidamente, pela comunidade internacional, como um estilo de cerveja.
Aproveitar o momento e nos orgulhar de termos dado mais uma contribuição à cultura cervejeira. E que a acidez dessa história fique somente dentro do copo.
Cheers! Saúde!

Larissa Dantas é Sommelier de Cervejas e Mestre em Estilos pelo Instituto de Cervejas Brasil

Post navigation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *