Clube To Beer

Blog

- por em Dicas, Pablo Santiago 0

Viva à mistura do povo!

por Pablo Santiago

O seu aroma de chocolate e caramelo podem enganar quem espera uma bebida doce e suave, pois se trata de cerveja marcante, com alta fermentação baseada em maltes tostados e de amargor acentuado de lúpulo. Sim, se trata de uma boa harmonia para churrascos e a sua coloração escura é um convite para uma refrescante e gostosa bebida.

Passando para a história, não é novidade que em cada pedacinho do planeta, há sempre um povo que aprecia uma boa e velha cerveja, e em meados do século XVIII não era diferente. Mais precisamente durante a revolução industrial, houve um outro marco histórico que agradou e continua agradando o paladar dos amantes da Porter que estão espalhados por todo o mundo.

Esse estilo logo conquistou o público, alcançando um sucesso instantâneo. Na verdade, não tinha como ser diferente, pois a receita havia sido baseada em um hábito muito comum dos britânicos da época, o de misturar as cervejas. Esse costume surgiu da busca do público, que estava à fim de poder degustar uma bebida que realmente agradasse o seu gosto.

A Entire, como foi chamada pela primeira vez, é resultado da fusão entre três beers. As Old, Pale e Mild Ales eram as protagonistas dos pubs da região, ainda mais quando estavam presentes no mesmo copo. Só após algum tempo, que um experiente mestre cervejeiro da época, Ralph Harwood, compreendeu a necessidade do público e criou a Porter como hoje nós conhecemos.

Que tal um porter?

Post navigation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *